Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa
Videospedagogicos

     Este projeto surge da parceria da AEFML com o Institute of Electrical and Electronics Engineers Academic (IEEE Academic) e consiste na criação de vídeos curtos relativos a temas das mais diversas disciplinas do nosso curso, nos quais são explicados conteúdos de uma forma simples, eficaz e atrativa, contando com o apoio e participação de alunos e professores da nossa faculdade, dedicados a uma determinada área e empenhados no sucesso desta iniciativa.

     Visto que, hoje em dia, muitos estudantes recorrem à visualização de vídeos na sua aprendizagem e aproveitando o crescente uso das tecnologias, o objetivo é disponibilizar mais uma ferramenta de estudo de qualidade para complementar as aulas e a bibliografia recomendada.

     Nos bastidores das gravações, há um conjunto de colaboradores responsável pela logística necessária para tornar as ideias uma realidade visível. Desde o contacto com os grupos de trabalho à gravação e edição dos vídeos, o papel desta Comissão também se pode refletir na aprendizagem e aproveitamento de todos os alunos. Contudo, é necessário frisar que não são necessárias competências especiais em vídeo, pois todas as condições são reunidas para que o trabalho seja simples e intuitivo. O mais importante é ter vontade e mostrar empenho em colaborar em todas as tarefas que possam surgir.

       Este ano, mais que consolidar a base e plataforma já construída, queremos inovar ao nível do lançamento de novos vídeos e material e, para isso, precisamos das tuas ideias, criatividade e imaginação. Por isso, se tens interesse por esta área e achas que podes contribuir para o projeto, candidata-te a uma das x vagas que temos para ti.

       Por fim, mesmo para quem não esteja interessado ou não tenha disponibilidade em participar neste projeto como membro da Comissão ou autor, sugestões sobre os conteúdos multimédia serão sempre aceites e encorajadas. Para tal, deves enviar as sugestões para o endereço de e-mail videos@aefml.pt, sendo essa a crítica mais construtiva que o projeto pode ter.